Bolsa de Investigação em Química Orgânica

Líquidos Iónicos em sistemas de Veiculação (UID/DTP/04567/2016 – CBIOS/PRUID/BI2/2017)

Concurso para atribuição de uma bolsa de Investigação

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação no âmbito do Centro de Investigação em Biociências e Tecnologias da Saúde (CBIOS) com a referência UID/DTP/04567/2016, financiado por fundos nacionais através da FCT/MCTES (PIDDAC), através do Programa de Recuperação para Unidades de I&D, nas seguintes condições:

Área Científica

Química

Requisitos de admissão

Licenciado em Ciências Farmacêuticas, Química ou áreas científicas afins.

Outros requisitos preferenciais:

  • Conhecimentos técnicos e laboratoriais na área das ciências da saúde e da química
  • Experiência científica prévia, preferencialmente na área da síntese orgânica (em particular na área da síntese de líquidos iónicos)
  • Motivação para a investigação científica interdisciplinar e posterior prossecução de estudos avançados
  • Boa organização e capacidade de trabalho
  • Bons conhecimentos da língua inglesa

Plano de trabalhos

Serão desenvolvidos novos sistemas de veiculação híbridos, resultantes da combinação de líquidos iónicos (LI) e nanopartículas.

Neste âmbito, o bolseiro irá proceder à síntese de diversos líquidos iónicos, à sua posterior combinação com nanosistemas e à incorporação de diferentes ativos nos sistemas combinados desenvolvidos.

O bolseiro irá ainda avaliar a influência dos LI na eficiência dos novos sistemas desenvolvidos, nomeadamente no aumento da solubilidade/incorporação de ativos pouco solúveis, na permeação cutânea (nos sistemas de finalidade tópica), na libertação dos ativos estudados, bem como na estabilidade e nas demais propriedades estruturais dos novos sistemas desenvolvidos.

Legislação e regulamentação aplicável

Estatuto do Bolseiro de Investigação; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. – em vigor

Local de trabalho

O trabalho será desenvolvido no CBIOS da Universidade Lusófona (COFAC – Cooperativa de Formação e Animação Cultural, C.R.L.), em Lisboa, sob a orientação científica da Professora Doutora Tânia Santos de Almeida e coorientação dos Professores Doutores Pedro Fonte e Catarina Rosado.

Duração da bolsa

A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto em Agosto de 2017. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo de 12 meses.

Valor do subsídio de manutenção mensal

O montante da bolsa corresponde a 745 €, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País ( http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

Métodos de seleção

Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes

  1. Experiência e formação como descrito nos “Requisitos de admissão” (40%)
  2. Adequação da área científica de especialização (10%)
  3. Produção científica na área (10%)
  4. Entrevista (40%)

Composição do Júri de Seleção

Doutor Luís Monteiro Rodrigues
Presidente
Professora Doutora Ana Fernandes; Professora Doutora Tânia Santos de Almeida
Vogais efetivos
Professora Doutora Patrícia Rijo, Professora Doutora Catarina Rosado
Vogais suplentes

Forma de publicitação/notificação dos resultados

Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada alfabeticamente afixada em local visível e público da Escola de Ciências e Tecnologias da Saúde-ULHT, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado(a) através de e-mail.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas

O concurso encontra-se aberto no período de 2 a 16 de Maio de 2017.

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: curriculum vitae, comprovativo de habilitações e outros documentos de prova, carta de motivação e contactos de duas referências.

As candidaturas deverão ser enviadas por e-mail para:

Trackback do seu site.